Expirado
Padre na Diocese de Coimbra, João Paulo Vaz nasceu no dia 24 de Janeiro de 1970, em Coimbra, embora o seu coração limite as suas origens a Semide, Miranda do Corvo, onde cresceu e recebeu a sua primeira formação espiritual. Foi aí também que deu os primeiros passos na música, cantando no coro da Igreja, nas atividades do grupo sócio-caritativo de então e em família, o que lhe proporcionou ainda a aprendizagem dos primeiros instrumentos musicais que tocou: a viola, o cavaquinho e o bandolim. Desenvolveu, na escola, o gosto também pela flauta de bisel e sopranino. Foi também no coro da sua Igreja Paroquial de Semide que deu os primeiros passos no órgão, tendo sido o seu organista durante dois anos e sucedendo ao seu irmão mais velho.
Em 1985, no dia 5 de Outubro, dá entrada no Seminário de Aveiro, onde completaria o 10º e 11º ano. Aí iniciou uma muito leve formação em piano e a sua formação musical como área de estudos.
É no decorrer desta passagem por Aveiro que, no ano de 1986, surgem as primeiras composições musicais, manifestando-se, de imediato, a opção pela autoria aos dois níveis: a letra e a música. Desse tempo apenas surgiram três composições.
É já no Seminário Maior de Coimbra, a partir de Outubro de 1987, que começam a surgir, com mais regularidade, intensidade e quantidade, as composições que marcaram o seu percurso musical. Muitas das canções hoje usadas pelo autor e publicadas são desse tempo de Seminário Maior, que vai de Outubro de 1987 a Julho de 1994. Ainda durante este tempo, a iluminar e inspirar todo o seu percurso criativo, refiram-se as experiências de formação e vivência humana e espiritual, em particular no que toca à pastoral juvenil e escuteiros, que foi fazendo e que se tornaram quase o ambiente temático das suas canções.
Em Março de 1995, é ordenado sacerdote e nomeado Coordenador da Animação Religiosa do Colégio de São Teotónio, onde ficaria a leccionar também. Em Janeiro de 1996, é nomeado Assistente Espiritual do Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil. Em Novembro de 2000, recebe a responsabilidade da Assistência Regional do Corpo Nacional de Escutas na Região de Coimbra. Completa este conjunto de trabalhos pastorais as nomeações como Pároco: Outil, em Novembro de 2002; Portunhos e Bom Sucesso em Outubro de 2006; Sanguinheira e Capelania do Hospital Rovisco Pais, em Outubro de 2008; Tocha, em Outubro de 2010; Pombal, em Setembro de 2012. Membro da Comissão Diocesana do Clero, em Janeiro de 2014.
Atualmente, é pároco e arcipreste de Pombal.
As suas músicas orientam-se, na sua totalidade, para a auto-validação da pessoa humana, a capacidade de amar essencial à vida, a relação com os outros, a relação com Deus, o sentido da santidade e da perfeição.
É assim que, ainda hoje, continua a compor, numa clara opção por pôr a render os seus talentos musicais ao serviço da promoção da pessoa humana e da evangelização.
São cerca de 450 as suas composições, que deixam perceber também o seu percurso de crescimento pessoal e interior, em claras fases distintas.
A OBRA JÁ EDITADA
São seis os trabalhos já editados por João Paulo Vaz, todos eles de originais:
1º – “Estórias de Um Sim”, de 2003, com 12 faixas; salientam-se os temas “Fogo de Deus”, “Não sei que dizer”, “A Vida é bela para ti” e “História de um Sim”; é uma edição de músicas soltas, reunidas pelo autor.
2º – “Caminhos Sem Atalho”, de 2004, com 14 faixas; salientam-se os temas “Canção para o meu Senhor”, “Quero-Te, Cristo”, “Faz o que Deus espera de Ti” e “Arte Eterna”; é uma edição de músicas soltas, reunidas pelo autor.
3º – “Notas de Um Sonho”, de 2008, com 15 faixas; salientam-se os temas “Confiar para quê”, “Adoro-Te, Filho que vens”, “Se um Sorriso basta”, “Eu posso ser assim”, “Pontes e Caminhos”, Só Tu como Tu” e “Hoje sou mais eu”; é uma história de duas pessoas, dois pobres, da sua vida e conversão, cantada em peças soltas, constituída por uma introdução de cinco músicas e um desenvolvimento/conclusão pelas restantes dez.
4º – “Um Pedacinho desse Céu”, de 2009, com 19 faixas; salientam-se os temas “Deus pode abrir caminhos novos”, “Um pedaço desse Céu”, “Tempo de ser mais”, “Perder a vida em Ti” e “A quem buscais”; é uma edição de músicas compostas ao longo de uma semana de peregrinação a Taizé.
5º – “Palavra(s) em Tempo de Ruído”, de 2011, com 13 faixas; salientam-se os temas “Teu amor será meu fim”, “Jesus Cristo claro que sim”, Tocar o Alto”, “Dar o meu melhor”, “O mesmo Pai a mesma Família” e “Só Tu Senhor Te dás todo”; é uma edição de músicas soltas, compostas e reunidas como projecto do Secretariado Diocesano da Educação Cristã para a Catequese diocesana.
6º – “Que me Falte Tudo”, de 2016, com 15 faixas; salientam-se os temas “Que me falte tudo”, “És um comigo”, “Gosto de Ti, ó Jesus”, “Nunca digas nunca”; é uma edição de músicas soltas, reunidas pelo autor.
OS CONCERTOS
A realização de espetáculos e atuações, entre os quais os concertos de oração, surgiu como complemento ao trabalho editado e necessidade de dar desenvolvimento ao objectivo de evangelização pela música, que esteve sempre presente na vontade do Pe. João Paulo Vaz. Surgiram especialmente a partir do lançamento do segundo trabalho, “Caminhos Sem Atalho”.
Cruzam-se, entre os objetivos desta área de atuação: a referida evangelização pela música, com um forte cariz catequético e formativo, a partir das letras das canções; a divulgação da canção de mensagem cristã; promoção das canções editadas como instrumento de trabalho e de oração; o apoio a instituições e causas.
São três as possibilidades de concerto musical: com banda, acústico e a solo.
Além dos espetáculos musicais, também a realização de fóruns e ateliers de música é uma finalidade. Partir dos trabalhos editados para ensinar e chegar ao sentido dos seus textos (a auto-validação da pessoa humana, a capacidade de amar essencial à vida, a relação com os outros, a relação com Deus, o sentido da santidade e da perfeição,…).

Padre João Paulo Vaz e Banda JM.

Entrada Gratuita  |  Informações e Reservas: teatrocine@cm-pombal.pt | 236 210 542

Detalhes do Evento
  • Data / Início do Evento / Exposição
    23 de Dezembro, 2021 21:30
  • Espaço Cultural
  • Categoria do evento
  • Endereço do espaço cultural
    Tenda de Natal - Jardim do Cardal
  • Informações - Telefone
  • informações - e-mail
  • Preço do Bilhete
    Gratuito
  • Classificação Etária
    Classificação Etária

    M/6

  • Informações Adicionais
    Informações Adicionais

    - Acesso a Mobilidade Reduzida
    - Plateia Sentada

Cartaz do Evento