Morada

Louriçal

Contatos

Catarina Silva (Pres. da Direção): 965 252 924

Redes Sociais

Biografia

Fundado a 6 de junho de 1983 por Maria Coimbra Fernandes e Manuel Nogueira, o Rancho Folclórico e Etnográfico do Louriçal, fez a sua primeira atuação a 15 de agosto do mesmo ano. Tendo sido constituído com fins culturais, propõe-se fazer a recolha de cantares e danças tradicionais, trajes populares e etnografia da região, para preservar e divulgar a identidade e cultura do povo do Louriçal.

Constituído por 48 elementos, entre dançarinos, cantores, tocata e figurantes, o Rancho tem participado em eventos locais e regionais, festivais de folclore de Norte a Sul do país, tendo já atuado nos Açores, e no estrangeiro (França, Suíça e Luxemburgo).

Em agosto de 2008 esteve na Madeira, onde participou no Festival Internacional de Folclore, integrado nas comemorações dos 500 anos da cidade do Funchal. Deslocou-se à Sardenha (Itália), em Julho de 2014, a fim de realizar a permuta e intercâmbio cultural com o Grupo Folk “ Amigus” de San Sperate.

Após muito trabalho de pesquisa e de melhoramento, houve um grande investimento em trajes novos, o que permitiu ao rancho tornar-se, desde setembro de 2003, sócio efetivo da Federação do folclore Português. É também filiado no INATEL

Locais de recolha: junto das pessoas mais idosas da freguesia.

Trajes: camponeses, ceifeiros, moleiros, tremoceira, vendedora de biscoitos, lavadeira, resineiro, bacelador, semeador de arroz, camponeses abastados, domingueiros e noivos.

Utensílios: ancinho de madeira, foice, enxada de pontas, ferro para tirar resina, Cântaro, alguidar de vidro, tabuleiro, cesto de merenda, etc.

Tocata: acordeão, ferrinhos, bombo, pandeireta, reco-reco e tabuinhas.

 

In Cancioneiro folclórico do Concelho de Pombal : outros tempos, outros costumes. / Pombal: Câmara Municipal, 2016. / 153 p.

Mostra de Trabalhos